Varizes - Sano Duarte

Varizes

O que são?

As veias varicosas são veias tortuosas e alargadas. Qualquer veia pode tornar-se varicosa, mas as veias mais comumente afetadas são aquelas em suas pernas e pés. Isso porque ficar em pé e andar ereto aumenta a pressão nas veias de suas pernas.

Para muitas pessoas, varizes e vasinhos em forma de aranha - uma comum, leve variação de varizes - são simplesmente uma preocupação estética. Para outras pessoas, as veias varicosas podem causar dor e desconforto. Às vezes, as veias varicosas levam a problemas mais sérios.

As veias varicosas também podem sinalizar um maior risco de outros problemas circulatórios. O tratamento pode envolver medidas clínicas ou procedimentos do seu médico para fechar ou remover as veias doentes.

Sintomas

As veias varicosas podem não causar dor. Os sinais que você pode ter com a doença venosa crônica incluem:

  • Veias de coloração roxo-escuro ou azul;
  • Veias que aparecem tortuosas e com abaulamento.

Quando os sinais e sintomas dolorosos ocorrem, eles podem incluir:

  • Uma sensação dolorosa ou pesada em suas pernas;
  • Queimação, cãibras musculares e inchaço nas pernas;
  • Dor agravada após sentar-se ou estar por muito tempo em pé;
  • Coceira ao redor de uma ou mais veias;
  • Sangramento das varizes;
  • Um cordão doloroso na veia com descoloração vermelha da pele;
  • Mudanças de cor, endurecimento da veia, inflamação da pele ou úlceras de pele perto de seu tornozelo, o que pode significar que você tem uma forma grave de doença vascular que requer atenção médica.

Os vasinhos são semelhantes às varizes, mas são menores. Estas são encontradas mais perto da superfície da pele e são muitas vezes vermelhas ou azuis.

Ocorrem nas pernas, mas também podem ser encontradas no rosto. Os vasinhos da pele variam no tamanho e frequentemente se parecem como a teia de uma aranha.

Quando consultar um médico?

Os cuidados com a doença venosa, como o exercício, elevar as pernas ou usar meias de compressão elástica - podem ajudar a aliviar as dores das varizes e evitar que elas fiquem piores. Mas se você está preocupado sobre com sua aparência e sente que as medidas acima não melhoram ou diminuíram seus sintomas, então esta é a hora de consultar médico especialista.

Causas

As Artérias transportam sangue de seu coração para o resto de seus tecidos. As veias retornam sangue do resto do corpo para o coração, para que o sangue possa ser circular continuamente. Para retornar o sangue ao seu coração, as veias em suas pernas devem trabalhar contra a gravidade.

As contrações musculares em suas pernas atuam como bombas, e as paredes elásticas das veias ajudam o sangue a retornar ao seu coração. Minúsculas válvulas nas suas veias se abrem à medida que o sangue flui em direção ao seu coração e depois fecha para impedir que o sangue flua para trás.

As Causas das varizes podem incluir:

Idade - À medida que envelhecemos, as veias perdem elasticidade, fazendo com que elas se dilatem. As válvulas em suas veias podem se tornar fracas, permitindo que o sangue em seu interior se mova em direção contrário, ou seja, para trás.

O sangue se acumula em suas veias, aumentam o risco delas se tornarem varicosas. As veias aparecem azuis porque contêm sangue desoxigenado, tornando-se vermelho vivo após recirculação pelos pulmões.

Gravidez - Algumas mulheres grávidas desenvolvem varizes. Gravidez aumenta o volume de sangue em seu corpo, mas diminui o fluxo de sangue de suas pernas para sua pélvis. Esta mudança circulatória é projetada para suportar o feto em crescimento, mas pode produzir um efeito colateral infeliz - veias aumentadas em suas pernas.

As veias varicosas podem surgir pela primeira vez ou podem piorar durante o final da gravidez, quando o útero exerce maior pressão sobre as veias nas pernas. Alterações nos seus hormônios durante a gravidez também podem desempenhar um papel. Varizes que se desenvolvem durante a gravidez geralmente melhoram sem tratamento médico três a 12 meses após o parto.

Fatores de risco

Estes fatores aumentam o risco de desenvolver varizes:

Idade - O risco de varizes aumenta com a idade. Envelhecimento causa desgaste e desgaste nas válvulas em suas veias que ajudam a regular o fluxo sanguíneo. Eventualmente, esse desgaste faz com que as válvulas permitam que algum sangue reflua para trás em suas veias, ocorrendo seu acúmulo, ao invés de fluir de volta pra seu coração.

Sexo - As mulheres são mais propensas a desenvolver esta condição. Alterações hormonais durante a gravidez, menstruação ou menopausa podem ser um fator porque hormônios femininos tendem a relaxar as paredes venosas. Tomar terapia de reposição hormonal ou pílulas anticoncepcionais pode aumentar o risco de varizes. História de família - Se outros membros da família tiveram varizes, há uma maior chance de você também.

Obesidade – Ter excesso de peso coloca mais pressão sobre suas veias. Permanecer em pé ou sentado por longos períodos de tempo faz com que o seu sangue não flua tão bem, estando na mesma posição por longos períodos.

Complicações

As complicações das varizes, embora pouco frequente, podem incluir:

Úlceras - Úlceras podem se formar na pele perto de varizes, particularmente perto dos tornozelos. As úlceras são causadas pelo acúmulo de fluido a longo prazo nesses tecidos, causado pelo aumento da pressão do sangue nas veias afetadas. Um ponto descolorado ou brancacento na pele geralmente começa antes de uma úlcera se formar. Consulte o seu médico imediatamente se suspeitar que desenvolveu uma úlcera.

Coágulos de sangue - Ocasionalmente, veias dentro das pernas tornam-se alargadas. Nesses casos, a perna afetada pode inchar consideravelmente. Qualquer inchaço súbito das pernas exige atenção médica urgente porque pode indicar um coágulo de sangue - uma condição conhecida clinicamente como tromboflebite ou trombose venosa profunda.

Ruptura de veias muito próximas à pele podem ocorrer. Isso geralmente causa apenas pequenas hemorragias. Mas, qualquer sangramento em varizes requer atenção médica, porque há um alto risco de que poderá acontecer novamente.

Tratamento

Felizmente, o tratamento geralmente não significa uma estadia no hospital ou uma recuperação longa e desconfortável. Graças a procedimentos menos invasivos, as varizes podem geralmente ser tratadas em regime ambulatorial.

As medidas clínicas - como exercitar-se, perder peso, não usar roupas apertadas, elevar as pernas e evitar longos períodos em pé ou sentado - pode aliviar a dor e evitar que as varizes se agravem.

Meias de compressão

Usar meias de compressão durante todo o dia é muitas vezes a primeira abordagem para tentar antes de outros tratamentos. Elas comprimem suas pernas, ajudando as veias e os músculos das pernas mover o sangue mais eficientemente. A quantidade de compressão varia de acordo com o tipo e a marca da meia.

Tratamentos adicionais para varizes mais graves

Se você não responder a medidas terapêuticas ou de compressão, ou se a sua condição é mais grave, o seu médico pode sugerir um destes tratamentos de veias varicosas:

Escleroterapia - Neste procedimento, o seu médico injeta em pequenas vasinhos e veias finas uma solução que cicatriza e fecha essas veias. Em algumas semanas, as varizes tratadas devem desaparecer.

Embora a mesma veia pode precisar ser injetada mais de uma vez, a escleroterapia é eficaz se feito corretamente. Escleroterapia não requer anestesia e pode ser feito no consultório do seu médico.

Escleroterapia em espuma de grandes veias - A injeção de uma veia grande com uma solução de espuma também é um possível tratamento para fechar uma veia. Esta é uma técnica mais recente.

Laser transdérmico (através da pele) – É uma tecnologia nova utilizado para fechar veias menores e vasinhos. O tratamento funciona através do envio de disparos de laser sobre a veia, o que faz a veia desaparecer lentamente. Não são utilizadas incisões ou agulhas.

Termoablação por radiofrequência ou Laser - Em um destes tratamentos, o seu médico insere um tubo fino (cateter) em uma veia alargada e aquece a ponta do cateter usando radiofrequência ou energia laser. Como o cateter é puxado para fora, o calor destrói a veia, fazendo com que ela colapse e permaneça fechada. Este procedimento é o tratamento preferido para varizes maiores.

Ligadura alta e remoção de veias - Este procedimento envolve amarrar uma veia antes de sua junção com uma veia profunda e removendo a veia através de pequenas incisões. Este é um procedimento ambulatorial para a maioria das pessoas. Remover a veia não afetará negativamente a circulação em sua perna porque veias mais profundas na perna se encarregam de maiores volumes de sangue.

Flebectomia ambulatorial - Seu médico remove as veias varicosas menores através de uma série de pequenas punções cutâneas. Apenas as partes da sua perna que estão sendo picadas são anestesiadas neste procedimento ambulatorial. As cicatrizes são geralmente mínimas.

Varizes que se desenvolvem durante a gravidez geralmente melhoram sem tratamento médico dentro de três a 12 meses após o parto.

Dúvidas sobre esta doença?

Agenda uma consulta com o Dr. Daniel Duarte ou com a Dra. Priscilla Sano e conheça mais.

Faça seu pré-agendamento
Questionário de qualidade de vida em Doença Venosa
 

Corpo Clínico

Um corpo clínico qualificado nas mais avançadas técnicas minimamente invasivas para tratamento das diversas doenças vasculares. Nossa maior especialidade é o seu bem-estar. Agende sua consulta!

Conheça nosso corpo clínico